Muito cuidado com estes aparelhos eléctricos que usas todos os dias! São os que aumentam mais a factura e nem imaginavas!

A eletricidade continua a ter um peso demasiado elevado na carteira dos Portugueses no final do mês. São muitas as pessoas que se questionam como é que gastaram tanta luz!

Para evitar os gastos inesperados e reduzir ao mínimo o desperdício de energia e recursos, o Europa Press e o Portaltic juntaram-se para identificar os aparelhos que mais gastam e para dar algumas dicas que permitem reduzir a fatura.

Vê onde podes poupar alguma eletricidade!

Secador de cabelo – Lembra-te de desligar sempre o secador da corrente quando não estiveres a utilizá-lo! Além disso, secar o cabelo a temperaturas mais baixas poupa energia e estraga-o menos.

Consolas – Tal como nos computadores, os modos de suspensão gastam energia e causam despesas extra no fim do mês.

Ferro de engomar – Tal como as máquinas, apenas deves usar o ferro quando tens várias peças para engomar. Desta forma, evita desperdiçar várias vezes a energia necessária para aquecer este aparelho.

Frigorífico – Evita abrir a porta muitas vezes e tenta comprar um aparelho com eficiência energética A+ ou superior

Computadores – Evitar deixar os computadores ligados muito tempo quando não os utilizas, mesmo que estejam em suspensão ou hibernação.

Máquina de lavar loiça – Tal como na máquina de lavar roupa, fazer a lavagem com o máximo de carga, a temperaturas mais baixas e em programas mais curtos deverá ser o objetivo para poupar água e eletricidade.

Máquina de secar a roupa – Evita ao máximo secar toalhas na máquina e utiliza-a apenas em situações em que o tempo não te permite secar a roupa naturalmente.

Máquina de lavar roupa – Tenta utilizar programas curtos e a baixas temperaturas para poupar eletricidade e água em simultâneo.

Televisão – Evita o stand-by a todo o custo. Neste modo, algumas televisões chegam a gastar tanto como um computador em pleno funcionamento.


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *