A verdade escondida sobre Cavaco Silva! Finalmente foi revelada!

Vais ficar completamente impressionado quando leres este artigo! É o que mais, e melhor, define o Presidente que temos. Quando tivemos um Primeiro Ministro assim, e voltamos a ter novamente esta figura no poder, como Presidente, que poderei pensar eu das cabeças que votam neste País…

Porque ainda tenho memória! Quem ouvir Cavaco Silva e não o conhecer bem, ficará a pensar que está perante alguém que nada teve a ver com a situação catastrófica em que se encontra este país. Quem o ouvir e não o conhecer bem, ficará a pensar que está perante alguém que pode efetivamente ser a solução para um caminho diferente daquele até aqui seguido. Só que… Este senhor, ou sofre de amnésia, ou tem como adquirido que nós portugueses temos todos a memória curta, eu diria mesmo, muito curta.

Vejamos, então qual o contributo de Cavaco Silva para que as coisas estejam como estão e não de outra maneira:

Cavaco Silva foi ministro das finanças entre 1980 e 1981 no governo da AD. Foi primeiro-ministro de Portugal entre 1985 e 1995 (10 anos!!!). Cavaco Silva foi só a pessoa que mais tempo esteve na liderança do governo neste país desde o 25 de Abril. É presidente da República desde 2005 até hoje (5 anos) Por este histórico, logo se depreende que este senhor nada teve a ver com o estado atual do país.

Mas vejamos quais foram as marcas deixadas por Cavaco Silva nestes anos todos de andanças pelo poder:

Cavaco Silva enquanto primeiro-ministro alterou drasticamente as práticas na economia, nomeadamente reduzindo o intervencionismo do Estado, atribuindo um papel mais relevante à iniciativa privada e aos mecanismos de mercado.

Foi Cavaco Silva quem desferiu o primeiro ataque sobre o ensino “tendencialmente gratuito”.

Foi Cavaco Silva o pai do famoso MONSTRO com a criação de milhares de “jobs” para os “boys” do PPD/PSD e amigos. Além de ter inserido outros milhares de “boys” a recibos verdes no aparelho do Estado.

Foi no “consulado Cavaquista” que começou a destruição do aparelho produtivo português. Em troca dos subsídios diários vindos da então CEE, começou a aniquilar as Pescas, a Agricultura e alguns sectores da Indústria. Ou seja: começou exatamente com Cavaco Silva a aniquilação dos nossos recursos e capacidades.

Durante o “consulado Cavaquista”, entravam em Portugal muitos milhões de euros diariamente como fundos estruturais da CEE. Pode-se afirmar que foram os tempos das “vacas gordas” em Portugal. Como foram aplicados esses fundos?

O que se investiu na saúde? E na educação? E na formação profissional?

Que reforma se fez na agricultura? O que foi feito para o desenvolvimento industrial?

A situação atual do país responde a tudo isto! NADA!

Mas então como foi gasto o dinheiro?

Simplesmente desbaratado sem rigor nem fiscalização pela incompetência do governo de Cavaco Silva.

Tal como eu, qualquer habitante do Vale do Ave, minimamente atento, sabe como muitos milhões vindos da CEE foram “surripiados” com a conivência do governo “Cavaquista”.

Basta lembrar que na época, o concelho de Felgueiras era o local em Portugal com mais Ferraris por metro quadrado.

Quando acabaram os subsídios da CEE, onde estava a modernização e o investimento das empresas? Nos carros topo de gama, nas casas de praia em Esposende, Ofir, etc. Etc.

Quanto às empresas… Essas faliram quase todas. Os trabalhadores – as vítimas habituais destas malabarices patronais – foram para o desemprego, os “chico-espertos” que desviaram o dinheiro continuaram por aí como se nada se tivesse passado.

Quem foi o responsável? Óbviamente, Cavaco Silva e os seus ministros!

Quanto à formação profissional… Talvez ainda possamos perguntar a Torres Couto como se fartou de ganhar dinheiro durante o governo Cavaquista, porque é que teve que ir a tribunal justificar o desaparecimento de milhões de contos de subsídios para formação profissional. Talvez lhe possamos perguntar: como, porquê e para quê, Cavaco Silva lhe “ofereceu” esse dinheiro.

Foi também o primeiro-ministro Cavaco Silva que em 1989 recusou conceder ao capitão de Abril, Salgueiro Maia, quando este já se encontrava bastante doente, uma pensão por “Serviços excepcionais e relevantes prestados ao país”, isto depois do conselho Consultivo da Procuradoria Geral da República ter aprovado o parecer por unanimidade.

Mas foi o mesmo primeiro-ministro Cavaco Silva que em 1992, assinou os pedidos de reforma de 2 inspetores da polícia fascista PIDE/DGS, António Augusto Bernardo, último e derradeiro chefe da polícia política em Cabo Verde, e Óscar Cardoso, um dos agentes que se barricaram na sede António Maria Cardoso e dispararam sobre a multidão que festejava a liberdade.

Curiosamente, Cavaco Silva, premiou os assassinos fascistas com a mesma reforma que havia negado ao capitão de Abril Salgueiro Maia, ou seja: por “serviços excepcionais ou relevantes prestados ao país”.

Como tenho memória, lembro-me também que Cavaco Silva e o seu “amigo” e ministro Dias Loureiro foram os responsáveis por um dos episódios mais repressivos da democracia portuguesa. Quando um movimento de cidadãos, formado de forma espontânea, se juntou na Ponte 25 de Abril, num “buzinão” de bloqueio, em protesto pelo aumento incomportável das portagens. Dias Loureiro (esse mesmo do BPN e que está agora muito confortavelmente em Cabo Verde), com a concordância do chefe, Cavaco Silva, ordenou uma despropositada e desproporcional carga policial contra os manifestantes. Nessa carga policial “irracional”, foi disparado um tiro contra um jovem, que acabou por ficar tetraplégico.

Era assim nos tempos do “consulado Cavaquista”, resolvia-se tudo com a repressão policial. Foi assim na ponte, foi assim com os mineiros da Marinha Grande, foi assim com os estudantes nas galerias do Parlamento…

Foi ainda no reinado do primeiro-ministro Cavaco Silva, que o governo vetou a candidatura de José Saramago a um prémio literário europeu por considerar que o seu romance “O Evangelho segundo Jesus Cristo” era um ataque ao património religioso nacional.

Este veto levou José Saramago a abandonar o país para se instalar em Lanzarote, na Espanha, onde viveu até morrer. Considerou Saramago, que não poderia viver num país com censura.

Cavaco Silva foi o Presidente da República nos últimos 5 anos. Sendo ele o dono da famosa frase: “nunca tenho dúvidas e raramente me engano”, como é que deixou Portugal chegar até à situação em que se encontra?

Mais! Diz a sabedoria popular: “diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és.”

Bem… Alguns dos ministros, amigos, apoiantes e financiadores das suas campanhas eleitorais não abonam nada a seu favor. Embora, na minha opinião, esta gente reflete exatamente a essência do Cavaquismo.

Oliveira e Costa – Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais do governo Cavaquista entre 1985 e 1991. Ex presidente do famoso BPN.

A história deste fulano já é mais conhecida que os tremoços, nem vale a pena escrever mais nada.

Dias Loureiro – Ministro dos governos Cavaquistas. Assuntos Parlamentares entre 1987 e 1991, Administração Interna entre 1991 e 1995.

Associado aos crimes financeiros do BPN, com ligações ainda não clarificadas ao traficante de armas libanês, Abdul Rahman El-Assir, de quem é grande amigo.

Foi conselheiro de estado por nomeação direta de Cavaco Silva, função que ocupou com a “bênção” de Cavaco, até já não ser possível manter-se no lugar devido às pressões políticas e judiciais.

Encontra-se atualmente, muito confortavelmente a viver em Cabo Verde.

Ferreira do Amaral – Ministro dos governos Cavaquistas. Comércio e Turismo, entre 1985 e 1990, Obras Públicas, Transportes e Comunicações entre 1990 e 1995. Foi nesta condição (ministro das obras públicas do governo Cavaquista) que assinou os contratos de construção da Ponte Vasco da Gama com a Lusoponte, e a concessão (super-vantajosa para a Lusoponte) de 40 anos sobre as portagens das duas pontes de Lisboa.

Ferreira do Amaral é atualmente presidente do conselho de administração da Lusoponte. (Apenas por mera coincidência…)

Duarte Lima – Lider da bancada do PPD/PSD durante o Cavaquismo.

Envolvido em transações monetárias “estranhas” no caso Lúcio Tomé Feteira.

cavaco_silva_toda_a_verdade_1

A juntar a isto tudo (e que já não é pouco!), tenho ainda a opinião de que Cavaco Silva é demasiado inculto e arrogante. O que na minha opinião são atributos dispensáveis para um Presidente da República.

Por estas e por outras, e porque ainda tenho memória, jamais votaria em Cavaco Silva.

Artigo de Rogério Leite Ferreira – bandeira-vermelha.blogs.sapo.pt

Fonte: jornalq



Segue a nossa página de facebook:



69 comments

  1. Este texto deve ser divulgado atá à exaustão e mesmo depois deverá continuar a abrir as cabeças dos nossos compatriotas. Tal tipo de gente tem de ser, clara e eficazmente, denunciado com vista à punição exemplar e, definitivamente, desaparecer da nossa cena política.

    1. Para mim, esta calamidade tanto politica que pessoal, não passa de um aproveitador que trabalhar é algo que não faz parte do seu vocabulàrio, um verme parasita da sociedade, um xukeco de Portugal ………………

    2. Da analise para comentar este texto, não sou capaz porque desconheço as minas da Marinha Grande. Afirmações como estas deixam- me duvidoso, Sera que o autor não se terá enganado, ou por descuido, ou de prepósito?, deixando tospo o seu articulado em dúvida?

  2. Um homem que pôs o país no estado que está devia estar onde está o 44 ou no 45 ou no 46 seja que número for mas não só ele todos aqueles que ao longo destes quarenta e poucos anos destruíram um país chamado de portugal e venderam e enriquecerão com as políticas feitas à medidas dos amigos esquecendo por completo o fim que para o qual teriam sido eleitos , mas a mim não me surpreende nada essas pessoas que sempre tiveram ligadas ao antigo regime e que eram filiados .só deito a culpa ao senhor Otelo que disse que os metia no campo pequeno e nada fez até acabou por ser preso, preso poderia ser mas tinha acabado com todos dessa raça e talvez não estivesse-mos agora na situação que estamos pois , o Hitler nunca conseguiu tomar a Europa toda apesar de ter invadido alguns países e pela força das armas ,mas não conseguiu tomar a Europa toda mas agora a Alemanha com a aguda destes lacaios todos ,e sem dar um único tiro tem a Europa a seus pés para enriquecer e espezinhar os outros povos como sempre quis e o mais triste parece que toda a gente esqueceu que roubaram mataram e que estão por cima por roubar o que não era deles e agora ainda querem mais deviam ter vergonha e pagarem a quem devem.

  3. Os portugueses queixam-se mas quando chega a hora de votar sao sempre os mesmos que ganham. Nao chega o mau exemplo de mandatos anteriores. Aposto que se esse ladrao se voltar a candidatar vai voltar a ganhar as eleiçoes. Ė o nosso pais. Ja diz o ditado “em terra de cego quem tem olho e rei”.

  4. Pelo que me apercebo este artigo foi escrito pelo Sr. Rogério Leite Ferreira, quem só consegue ver os defeitos de um lado político, e não consegue ver que os outros todos também cometeram demasiados erros .
    Esta pessoa não tem credibilidade nenhuma é apenas mais um adepto político dos quais fazem parte os que estragam tudo e nunca estão errados, a culpa é sempre dos outros.

    1. Sr. António ou o Sr. é amnésio ou tem tacho. Porque permita-me de o lembrar que o Sr. Cavaco tem tratado muito bem do seu porta moedas isso é uma grande verdade. Ou já se esqueceu que no ano passado este Sr. disse na televisão( eu moro no estrangeiro, mas vi e ouvi ) que quando chegasse a idade da reforma que não sabia como iria viver com uma reforma de 10.000£ por mes. Tenha dó de mim. Os meus pais que tem quase oitenta anos vivem com menos de 500£ os dois. Quem não tem crédibilidade nenhuma não é o Sr.Rogério Ferreira, que fala a verdade, mas todas as pessoas que defendem esse individu, que só tem compactuado com esses fachistas que êm destruido o nosso País. Tenho dito Sr. António.

    2. sr. antónio,

      Bonito, bonito, era o sr ter rebatido, com factos (tal como o autor o fez), o artigo que critica…agora vir com tanto ardor, defender o indefensável, só porque sim, só porque é “adepto” da figura sinistra…é pouco, mto pouco – é zero.

    3. ora essa António, quem diria que pensa assim tão cheio de servilismo! Apelide-me de direita ou de esquerda,usara mão direita ou a mão esquerda é-me indiferente, pois uso as duas, eu diria mais do que muitos portugueses desconhece; CS foi, sucessivamente informador, leia-se BUFO, da famigerada PIDE e agente desta, conforme formulário de candidatura subscrito pelo seu próprio punho e por ele assinado e consequentes cartões pidescos emitidos, “descoberta” esta que se conseguia no google escrevendo-se “Cavaco Silva agente da Pide” ou com mais clareza fazendo-se uma visita à Torre do Tombo. Não admira pois que este Senhor se não desligue do Conselho de Estado pois aí está a salvo, pela imunidade de não sr perturbado para dar explicações como os demais. Fica também explicada a fórmula do Passolas, esse rapazola que fez da política o seu modo de vida que persistia vender aos chineses o tribunal constitucional e fazendo em fanicos Constituição por não ter cum quibus para desgovernar com eles e, por assim ser pretender levar as pessoas à míngua, como cavaco, como salazar.

    4. Cavaco Silva mais conhecido pelo “Silva das vacas” foi o pior desastre pós-25 de Abril. Um habilidoso, um corrupto, como muitos. Veja-se quem são os seus amigos,..todos “sérios”!!! Um imbecil, um analfabeto funcional. Deveria ser modificada a lei sobre o Conselho de Estado, onde têm assento os ex-PR’s. Este indivíduo deveria ser corrido para a “quinta da coelha”,..também um negócio muito sério, tal como o pavilhão atlântico!!!!

  5. Este Sr Antonio deve ser mais um chupista da mesma comandita cavaco o Sr tenha vergonha na cara ainda esta ao lado deste facista si facista porque ele pertenceu ha pide ou ja se esqueceu ou nao sabe e quem foi dessa tralha o que se espera se nao a destruiçao do Pais.

  6. Perfeitamente de acordo com o comentário do ANTÓNIO.Não são precisas realmente mais palavras para definir o autor desta “interessante” noticia.Haverá por lá também algum prochesito escondido???Como é do Vale do Ave talvez se encontre alguma coisa……

  7. Mas entre os governos do Cavaco estiveram outros pelo que me lembro porque então em vez de endireitarem o mal que este fez , ainda ficamos pior? Gostava que me dissessem quem realmente governou melhor e menos roubou

    1. A Auzenda ou é ingénua ou anda a treinar. Então não sabe nada do BPN tido como Banco do PPD e os Vistos Gold de que alfôbre é que vem e já agora sabe alguma coisa dos submarinos e do navio Bolama posto no fundo do mar? Acerca da SLN sabe quem comprou milhares de ações a 1 euro e as revendeu à origem a 140 cada uma?

  8. Carta de despedida ao Exmo Senho Presidente da Republica no dia de Portugal (X + 1).

    Caro compatriota eu sei que a idade é um fardo e o meu caro já carrega o seu à bastante tempo.

    Julgo que todos devemos contribuir para que V. Exa. Termine o mandato com dignidade, o pior já passou, faltam uns meses, o discurso de final do ano e acabou, desejo-lhe muitos anos de vida e muitas felicidades, sei que vai ser difícil viver tendo como único rendimento quatro parcas reformas.

    Vão ser tempos duros e difíceis, saúde e sorte são os meus desejos.

    Eu devo confessar que não ouvi o seu discurso, devo ter sido dos poucos Portugueses a quem a mensagem de esperança e confiança no futuro não chegou.

    Já somos menos de 10 milhões vivendo em Portugal, não sei se o meu amigo já reparou nisso, mas dos 10.6 milhões em 5 anos passamos para menos de 10 milhões.

    Os restantes ou imigraram ou morreram e não foram substituídos por vivos.

    Sei que deve estar cansado e faltam poucos meses para as reformas e o descanso permanente chegar.

    Chegará o dia em que terei de me despedir de um homem que não sendo político passou 22 anos da sua vida ocupando os mais altos cargos da nação, “chegará o dia, mas esse dia não será hoje”.

    Respirando fundo, para atacar os últimos meses isto não custa nada, se o meu amigo contar os meses que faltam para a reforma pelos dedos das mãos já sobram dedos! A meta está ali, falta o último esforço, o discurso de final de ano e já está.

    Janeiro de 2016 é para eleições e em Fevereiro chegam as reformas e a tranquilidade.

    Despeço-me com um pequeno pedido para o seu último e derradeiro discurso de final de ano.

    Se por alguma eventualidade ou casualidade da vida no final do ano os Portugueses que ainda vivem em Portugal não tiverem entendido a sua mensagem de esperança tente fazer um discurso mais longo.

    Eu sei que não tenho a sua capacidade, nem a sua visão, mas 20 minutos de discurso motivacional no dia de Portugal, parece-me um pouco curto, não sei.

    Para sair com chave de ouro eu apostava em 2 ou 3 Horas! Correndo o risco de os Portugueses não acreditarem no que ouvem à primeira, sugiro que o discurso seja repetido no mínimo mais 2 vezes, pode ser com as mesmas palavras e tudo, para que todos, mas mesmo TODOS consigam vislumbrar a esperança no futuro.

    Fidel Castro falava 8 ou 9 horas sem se repetir…

    É só o que falta, de resto tudo ok.

    Caso se farte de não ter nada para fazer depois de reformado, deixo-lhe a sugestão de ir conhecer a Austrália.

    Se o meu amigo gostar até pode ficar por lá, é um favor que me faz, eu se for possível continuarei a viver em Portugal.

    A Austrália é um pais lindo, desenvolvido e enorme, certamente haverá um cantinho para si, como sei que o meu caro não tem queda para astronauta a Austrália serve perfeitamente.

    Mais longe, só no espaço.

    Melhores cumprimentos,

    João

    http://oportugalbipolar.blogspot.pt/2015/06/carta-de-despedida-ao-exmo-senho.html

  9. Caro Rogério Leite Ferreira,

    Na verdade, está a culpabilizar uma só personalidade da má governação do pais. Como todos nós sabemos, não corresponde á verdade.
    Sabe como Salazar ascendeu ao Poder, qual foi a estratégia que usou? sabe?
    De 74 a 1985, o que mais teve preso ao poder foi o Mário Soares, outra foi a Maria de Lurdes Pintasilgo, e o Ramalho Eanes como Presidente.
    Com governos PS o pais andou sempre entre o mau e o péssimo, até que das 3 vezes que se teve de pedir ajuda externa eram eles que desgovernavam o pais.
    Não pretendo com isto atribuir só culpas a governos PS para a situação atual do pais, em minha opinião é de todos os que têm e tiveram assento parlamentar e de todos cidadãos porque continuamos a esperar por EL Rei D. Sebastião.
    Cumprimentos
    Carlos Silva

    1. Tem o Amigo muita razão. Não sei por que carga de água o Rogério se esqueceu de referir isso nos seus comrntários. Ele lá saber porquê. Para ser honesto devia referir os governos do PS, especialmente os chefiados por Guterres e Socrates, de má memória. Ficamos por aqui.

  10. todos estes dados parecem reais mas devemos ver que o pior resultado vem dos meninos académicos que inseriram este executivo, como devemos analisar os casos do Portas como todos conhecem, este se fosse homem tinha-se desvinculado do executivo, mas como todos sabemos é o menino dos taxos, prejudicando o País, e o Coelho menino de copo de leite, para governar um País, então deu no que deu. é necessário correr com eles de lá para fora.

  11. Água mole em pedra dura…..tanto dá até que se faz entender. Até os fachisotes de recente geração “talvez” compreendam. Todavia, caso tal não aconteça, que continuem a merdar, perdão, medrar à sombra da lasca de madeira que nos calhou na rifa. Chaubet

  12. Para o comunistoide que vomitou este artigo: faz uma analise aos governos do PCP. Estão sempre a dizer que o PCP nunca governou mas esquecem-se do Vasco Goncalves e daquele temponem que estivemos quase a ter uma guerra civil. Escapamos gracas à Nato que arranjou tachos melhores para os comunistas que estacam por detras disso tudo…

  13. sao todos uns chupistas mas entao o cavaqinhinho nao o posso ver parace un cadavre nem tem força para falar branco como o papel belfo enfin nao sei que fazem os poirtugueses a votar por uma pessoa assim eu nao voto porque nao estou em portugal mas os que estao là abram os olhos mudem de pàgina jà chega de fachismo

  14. concordo inteiramente com a Maria, estou a viver no estrangeiro, estes governo tratou muito mal os aposentados eu estou incluído,fascismo nunca mais.

  15. Eu nunca votei no Cavaco Silva não sou por isso cúmplice das suas façanhas, mas devíamos perguntar porque o povo o tem eleito!!!
    Governamos desde o 25 de Abril com uma constituição irresponsável que permitiu a nossa divida colossal!!! Temos um sindicalismo que rejeitado no privado, encostou-se nas EPs afundando em dividas as que têm concorrência e sempre sugando o desgraçado contribuinte em todas elas!!!!!
    Nota:Na Marinha Grande não há mineiros mas sim vidreiros!!

  16. nos portugueses viramos uma cambada de cobardes porque se deixamos abater por essa corja de politicos bandidos e votamos neles ano atraz de anos to fazer uma revolocao e meter touidos eles na prisao e confiscar-lhes tudo quanto roubaram depois de Abril de 1974

  17. Não referir que foi esta besta que votou contra a libertação de Nelson Mandela em 87 numa resolução da ONU é uma falha muito grave.
    129 votos a favor e apenas 3 contra. EUA, Reino Unido e, com esta besta, Portugal.
    Viva Portugal e os eleitores portugueses…
    Enfim

  18. Sem querer defender mesmo nada e ninguém, todos sabem que o dinheiro quando vinha, já trazia apensa uma diretiva como devia ser gasto, (todos sabemos onde anda (Sedes de distrito e carrões nas estradas) aos lavradores e pescadores, em cada mil, dizem que nem chegaram 400 (mas eles também foram coniventes) mais que qualquer governo. Nunca deixou como herança, pedincha, ou pântano, e já tivemos 3, com bem medo da 4.ª. Quando tiverem coragem de escrever o 25 de Abril, têm de dizer que foi muito bem feito, mas muito mal seguido (parece que estão à espera que os ditos heróis morram) para depois dizerem que já existiam em quase todas as Unidades Militares, jovens oficiais a tratarem de tudo e verem quem aderia ou não, preparando a coisa (na minha existia e disse-nos que nas outras também). Em democracia, uns sabem os podres de uns outros dos outros. Vejam os constâncios dos Bancos, e os mãos com cola, onde param as responsabilidades dos que roubam mais que uma galinha??

  19. O protagonista deste artigo tem a memória lenta que no primeiro mandato do Cavaco Silva Portugal cresceu acima da Europa, inclusivé mais que a Alemanha, o indevidamento deminuiu, o desemprego rondava os 4,6%, portanto tudo o que diz é mentira, alguém na Europa tinha mais pestigio que este 1º. Ministro, várias vezes o Presidente da Comissão Europeia o disse.
    Sabe que em depois de se licenciar em Finanças pelo Instituto Superior de Ciencias Económicas e Financeiras, com 18 valores, foi-lhe atribuida uma bolsa de estudo para se Doutorar em Economia na Melhor Universidade do Mundo neste Sector YORK na Inglaterra, Doutorado com 19,6 valores, o único Português com um livro editado na Inglaterra em Economia, que 60.000 exemplares foram vendidos em Londres em 45 dias. Nada mais digo, porque não sou do timbre de queimar injustificadamente as pessoas, tudo isto posso confirmar porque eu estava a estudar na Davies School em gestão de empresas nessa data e tive conhecimento pessoal de tudo isso, portanto não posso ficar calado com essas injustiças.

  20. São tôdos iguais.Há 40 anos a governar,só se preocuparam em legislar leis que os protegem,.Mordomias exageradas em desfavor dos mais desprotegidos.Reformas altíssimas.Não têm vergonha de ainda agora ter aumentado aos reformados de 270€, 60 centimos dia.Tem sido ao longo dos anos a dança das cadeiras,agora governais vós.que daqui a 4 anos governamos nós e os nossos camaradas.Cambada de corruptos,incompetentes e muito mais.

    1. os portugueses teem a memoria curta,pensem um pouco,todos os que governaram o pais depois do 25 de abril,
      entraram ao governo sem nada e, agora teem muito,a prova o tacho é bom.
      somos todos grandes idiotas

  21. Caros deixem-se de merdas….a destruição do aparelho produtivo aconteceu em 1974/5 com as comissões de trabalhadores cheias de gajos que não sabiam ler nem escrever e que estavam a executar ordens do PC….quando foram destruidas,CUF, Lisnave,Siderurgia, etc…Quando?????O que aconteceu 2 anos depois(1977)?isso tudo….falência e o FMI em Portugal

  22. Se tudo isso é verdade!. não digo que não me pergunto como é que este senhor quando se presentou para presidente votaram nele e durante 10 anos esteve a governar um país que arruinou e todos contentes o povo português só tem o que se merece nada mais agora não têm que se queixar…

  23. Esta inominável criatura foi um flagelo que Portugal sofreu. As nefastas consequências deste aleijão político irão perdurar durante décadas.

  24. Sinceramente não sei até que ponto este texto é verídico. Onde foi buscar as informações?
    Se for devidamente fundamentado e realmente se provar que é verdade é muito grave, mas o trabalho de investigação deve ser reconhecido. São artigos destes (devidamente fundamentados) que quero ler no jornal!

  25. Estou de acordo com aparte maldosa como ser quer responsabilizar o homem que mais vezes foi eleito em eleições livres e democráticas, pelo POVO deste país.

    Agora vou lembrar outros politico

    Sabem quem provocou o segundo resgate penso que o António Guterres – o pais está num charco.

    O terceiro alguém ainda se lembra quem foi a memória é corta foi o Sócrates, um dos ministros forçou a vinda da troica.
    O que se pousou na CGD na penúria com a ajuda do Vara e outro. foram dados avultados créditos a médio e longo prazo a elites dessa área em 2006 2007 e 2008 na ordem dos 17mil milhões e em 2015 deveriam ter entrada na CGD e não entraram, onde param?.
    Por último outro socialista António Costa anda tão atarefado em querer dar a CGD mais 4,5 mil milhões do nosso bolso.
    E, ainda mais até agora chegavam 14 Administradores, porque é que este Senhor nomeou mais 5 administradores e aumentando-lhes o vencimento, a Caixa apresentou prejuízos em 2015 com esta medida
    em 2016 vai dar lucro.
    Um aviso está perto o quarto resgate.

  26. Os causadores… dos danos causados à nação portuguesa e os benefícios que favoreceram os nacionais corruptos traidores da Pátria… são os mesmos que a danificaram a Grécia, a Espanha a Irlanda e outros que estão altamente endividados—arruinados! O…? Sr Cavaco Silva e os da sua súcia foram fieis servidores dos capitalistas supranacionais que subjugaram o capital nacional com o dinheiro que nos emprestaram: dinheiro nosso que roubaram do fisco e o desviaram ilegalmente pela via Offshores. Assim ficamos endividados. Arruinados com a nossa dívida e economia administrada pelo FMI defensor dos credores de idoneidade duvidosa. O que fazer para voltar à normalidade ética. Para agirmos… devemos nos juntar aos inimigos da corrupção, comprovadamente Honestos– Evelyn Houard e Paulo Teixeira de Morais– já detentores de conhecimentos suficientes para sustar o efeito negativo praticado pelos corruptos…começando a preparar a denúncia destinada a incriminar o corrupto traidor e os da sua súcia para entregar à autoridade competente para averiguação e iniciar do processo. Sem ação contínua… o que programarmos é nulo. Comentário processado no meu processador surreal. Lopes da Rocha Bernardo

  27. Só os fascistas e correlegionários desta besta e restantes PSD que passaram por governos que levaram este País à banca rota é que tem saudades. Este País nunca será ninguém por estes anormais e mais que sempre viveram à custa de esquemas saúdam FDP como eles. Já era tempo de encarcerar estes vendilhões de Portugal e colocar em hospícios esses anormais que sempre os apoiaram por serem iguais.

  28. É objectivamente tendencioso todo o artigo e desinformativo atribuindo a um homem, todos os problemas com que na actualidade o Estado se confronta e o alegado polvo, já existia antes, e disso se queixava o então 1 minisgro, quer dizer, nos 10 anos das ditas vacas gordas, nada de bom se fez, a A1 existente então virou auto estrada, o SNS não se desenvolveu, os Portugueses nada melhoraram nas suas condições de vida na década da governação em que foi 1 Ministro 8 SEGUEIRA TEM QUEM QUER, ou a quem convém, Os governos antecedentes e os posteriores não tem culpa nenhuma no estado a que chegou o País o que diz bem das intenções obscuras do autor do artigo POUPEM~NOS.
    Foi Cavaco Silva que assinou o acordo sobre a nossa entrada para a CEE, o tratado de Lisboa, o tratado sobre os défices excessivos …. O 1 Ministro, seja qual for, tem que observar os tratados assinados pelo Estado Portugues e adaptar as politicas às obrigações impostas nos tratados De facto, qualquer 1 M não pode governar sem ser dentro dos parametros a que o Estado está obrigado pelos tratados com a CEE, ou seja, as ideologias de cada partido politico esvaíram~se. No plano económico de facto o Estado gasta o que não tem para se manter sem deficit e das duas uma, ou encolhe o funcionalismo publico, ou encolhe o estado social de forma a viver com o produto recolhido em impostos aos contribuintes. Há outra politica, há, o desenvolvimento do País e correspondente criaçáo de emprego, mas onde está o dinheiro para esse desenvolvimento e criaçao de empregos …. com a taxaçáo em IRS e IRC aos níveis que estão, o Estado só faz o que os fundos europeus permitem, mesmo assim compete-lhe financiar uma quota parte dos projectos nacionais, e os particulares e empresas com as cargas fiscais correntes, sobra alguma coisa para investir …. SEJAMOS REALISTAS, A CRISE VEIO PARA FICAR UMAS DÉCADAS, QUEIRA-SE OU NÃO ….

  29. Este artigo deveria ser publicado em todos os orgãos de comunicação, assim como as televisões deveriam transmimtir. mas infelizmente é o Cavaco Silva assim como muitos outros da cambada dele, se fosse um outro qualquer desgraçado, honesto e competente, ja haveria muita publicidade sobre isso, mas os corruptos vencem sempre e nunca são chamados à justiça.

  30. João Gentil, às vezes custa a crer no que se está a ler. Custa a crer que haja crédulos tão defensores de um artista de destruiu Portugal para as gerações vindoiras. O sr. cavaco diligente agente da pide (se não acreditar digite na pesquisa pelo google “cavaco silva era agente da pide”, e verá o seu cartão com a fotografia, bem como os papéis que preencheu e assinou para fazer parte dessa sinistra e sanguinária polícia. Percebe-se assim que, como primeiro ministro, perdão, presidente do conselho de ministros, embora já depois do por ele tão odiado 25 de Abril, tenha negado a atribuição de um prémio a Saramago, e medalhado dois torcionários da pide. Pudera. Tinham sido colegas. Com o dinheiro que chegou da Comunidade europeia, no seu reinado, fizeram-se autoestradas, destruiu-se a agricultura, a pesca e grande parte da indústria, e o resto, sem contar o que deve ter ficado nos fundos daquelas gavetas, foi distribuido, aparentemente sem controle, por industriais (não pela indústria), por alguns agricultores para venderem as vacas e arrancarem as videiras, e por alguns pescadores para arrumarem os seua barcos. Vê-se, assim, porque é que Paços de Ferreira e outras localidades tinham a maior concentração de Ferraris de Portugal e das maiores da Europa. Claro que havia “controle” . Os “controladores” ficavam com a “fatia de leão”. Não seria o joão gentil um desses “controladores” que gentilmente guardava a fatia de leão ? Os outros países que também receberam fundos da Europa Comunitária, e que os aplicaram com honestidade e rigor, que souberam utilizá-los como deviam, sem falcatruas, desenvolveram-se de modo invejável para nós. E hoje vivem bem. Em Portugal vivem muito bem aqueles que abusivamente guardaram o que não lhes pertencia e sem suor e sem trabalho. Pela maneira como defende esse “presidente do conselho da nova era” , saído dessa presidência e da presidencia da república sem honra nem glória, muito deve ter beneficiado com ele. Não me diga que também foi colega dele antes do 25-Abril. O Estado “ou encolhe o funcionalismo público ou encolhe o estado social” diz o joão gentil. Pois, pois! O cabotino gabarolas passos coelho encolheu o funcionalismo público, quase destruiu o estado social e conseguiu, pasme-se, aumentar a dívida em mais de cem mil milhões de euros. Mesmo apesar de ter vendido património nacional ao desbarato, como o navio de passageiros “Atlântida” , que vendeu à Douro Azul por oito milhões de euros, e que esta vendeu, passados oito meses, a uma empresa da Noruega , onde agora navega com o nome de “MS Spitsbergen” , por dezassete milhões de euros. É obra, negócios assim ! Bom negociante , não há dúvida. Alguém deve ter lucrado com a venda barata? O Estado Português não foi de certeza. Antes pelo contrário. E ainda teve a distinta lata de aumentar os juizes em mil euros, os médicos, os oficiais … Ah, e os administradores/gestores, esses verdadeiros sanguessugas dos dinheiros públicos, que quase no fim do seu reinado aumentou de forma vergonhosa e criminosa. Administradores/gestores que mesmo sendo pagos com muitos milhares de euros mensais pouco mais fizeram do que levar as empresas à falência , ou quase. ENVC, TAP, TELECOM, etc. Paralelamente, destruiu o sistema de saúde, o ensino e a justiça na medida em que , com o encerramento de muitos desses serviços em muitas localidades, dificultou seriamente o acesso do cidadão a esses serviços. Mas nas regalias e mordomias dos políticos, não; aí não se mexeu. Ou melhor, aumentou-se um pouco. Se cortassem muitas regalias e mordomias dos políticos, não teríamos, se calhar, atravessado a crise que atravessámos, não teríamos vivido uma austeridade que até a própria troica disse não ser necessário chegar a tanto. Mas o chefe, o novo “presidente do conselho de ministros”, lacaio da d. merkel, e gabarolas empedernido, tinha que mostrar, como bom aluno, que soube pôr em prática os ensinamentos bebidos dos seus mentores. E com crédulos assim … Das duas uma, ou muito lucraram com esses governos ou então ainda pertencem à velha guarda tão sedenta dos ensinamentos bolorentos do sr. salazar, que guardam no peito, e na mente, a velha divisa “quanto mais me bates mais gosto de ti”.

  31. Independentemente de quem esteve ao leme a verdade é que ladrões não faltaram de todos os quadrantes. O Sr. Cavaco em quem nunca votei, além de ser antipático e convencido é claro que meteu a mão na massa. Agora uma pergunta com base num facto da vida: Vamos supor que alguém pede dinheiro em prestado para resolver um problema grave de saúde. Empresta-se o dinheiro e na semana seguinte vemos que ele foi aplicado num carro topo de gama. O que acontece? No mínimo a pessoa que emprestou pede contas. E o que fez a Europa quando não fiscalizou o que aconteceu ao dinheiro que entrava neste país? NADA

  32. Apos os governos de Cavaco tivemos 7 anos de Guterres e mais uns 7 de Socrates. Nao acredito que nao foi possivel nesses 14 anos reconstruir o que diz ter sido destruido. Mais, foi agravado! Cegueira partidária é o que leva a que o pais esteja como está e nao os politicos em si…

  33. Maravilhosos criticos,todos se sentem imaculados,pois so Anival c.silva e um monstro.Tenham respeito pela maioria dos Portugueses que,para o bem e para o mal votaram …Tenham consciencia da verdade , nao sejam como o filho do amigo do SR:A.O.SALAZAR….esse sim ,o maior…

  34. Isto para mim não é novidade nenhuma, mas ele esteve no poleiro, ninguém votou nele, é lamentável para aqueles que não votaram nele!

  35. Este artigo está impregnado de mentiras gratuitas e levianas. Se Cavaco Silva não foi perfeito e cometeu erros, é humano. Contudo, trata-se apenas, e dê-se as voltas que der, continue-se a intoxicar a opinião pública levantando as maiores calúnias, do único, a meu ver, primeiro ministro decente que Portugal pós 25 de Abril teve. E todos beneficiámos com isso, sobretudo economicamente, mesmo aqueles que dizem mal. Foi aquele que maior impulso deu à nossa economia. Nunca foi em hipocrisias e em “politicamentes-corretos”. Foi, sem dúvida, um oásis no deserto de irresponsabilidade e seriedade que tem marcado este pequenino e mesquinho portugal. Quem faz este artigo e refere a palavra “verdade”, ou é mal intencionado ou simplesmente não passa de um papagaio, que captou no ar o grosso caudal de poluição ideológica e de falta de educação que superabunda nos tempos de hoje. Bem se pode falar em tempos de pós-verdade. Com certeza, quem escreve assim um texto, gostou muito do mentiroso compulsivo Sócrates ou do impotente demagógico Guterres, que foi quem, após Cavaco, colocou a economia numa rampa inclinada descendente, de que ainda hoje não se livrou e tantos dissabores provocou. É preciso ter memória e capacidade de síntese.

  36. Eu sempre ouvi falar que era o sr professor de economia e que ele ia fazer bem ao pais. Mas eu é que não moro mais em Portugal eu e gente amigo meu que viu que politico e ladrão e ladrão que manda no pais e máfia na certa.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *