6 segredos que os fabricantes das montanha russas não querem que tu saibas!

6 segredos que os fabricantes das montanha russas não querem que tu saibas!

25 Fevereiro, 2017 0 Por Admin2

Por uma estranha razão, boa parte das pessoas gosta da sensação que as montanhas-russas causam no corpo humano, o que faz com que parques de diversão estejam cheios delas, sempre com longas filas. Apesar disso, existem muitos segredos por trás das atrações que podem deixá-las um pouco mais assustadoras.

Aqui estão alguns dos segredos por trás do mundo das montanhas-russas que não deves saber.

1 – São mais mortais do que tubarões

Em média, considerando os dados do Hospital de Crianças Nationwide, em Ohio (Estados Unidos), cerca de 4 mil crianças se aleijam numa montanha-russa anualmente e, entre 1990 e 2004, 52 morreram. Por outro lado, um ano normal registra bem menos ataques de tubarões, como em 2013, que houveram 47 ataques e apenas duas mortes.

2 – Podem ser mal construídas

Em alguns parques, os trabalhadores responsáveis pelas montagens de estruturas como montanhas-russas podem sofrer muita pressão. Agora imagina a seguinte situação: ao fim do dia, depois de oito ou mais horas de trabalho. Como será que estaria a tua concentração e dedicação nesse momento? Se é difícil para ti, imagine para alguém que está a montar partes de uma montanha-russa.

3 – O frio na barriga é causado pelo movimento dos teus órgãos

De acordo com médicos, quando cais numa montanha russa, alguns órgãos – como o intestino – movem-se dentro do teu corpo.

4 – Podem causar danos cerebrais

Sim, montanhas-russas podem danificar o teu cérebro mesmo que não batas com a cabeça durante o percurso.

5 – Fazem mal ao coração

Conforme publicado no Journal of the American Medical Association, as montanhas-russas são feitas para alterar o teu corpo por meio da liberação de compostos químicos que provocam sensações de prazer e diversão. O problema é que os efeitos também podem afetar o teu coração, causando problemas como taquicardia.

6 – Não existe um órgão de regulamentação

Com tantos riscos presentes numa montanha-russa, seria normal imaginar que existem vários órgãos regulamentadores dos brinquedos. Mas o problema é que não existe.

Partilhar:

Relacionados: