Atenção que a GNR vai andar atenta! Se tens este hábito que “parece inofensivo” tem cuidado! A maior parte faz isso!

Atenção que a GNR vai andar atenta! Se tens este hábito que “parece inofensivo” tem cuidado! A maior parte faz isso!

28 Março, 2017 0 Por admin3

Se tens este hábito tem cuidado, pois podes ser multado, e a multa não é nada pequena e pode custar pontos na carta de condução!

Se tem o hábito de circular na faixa central ou da esquerda de uma autoestrada (ou de outra estrada com mais do que uma via), saiba que pode ser multado. A multa não é nada simpática e pode custar pontos na carta de condução. Acresce que as autoridades vão estar atentas a esta infração.

Existe o mito de que as vias da direita são destinadas apenas aos veículos pesados. Não é verdade.

Porém, mais do que o mito, há a realidade. Quando circula na autoestrada, ou em estradas com mais de uma via, é normal ver outros veículos seguir no centro ou à esquerda. É um desses condutores? Há uma multa pouco simpática para si.

De acordo com o Código da Estrada, quem não utilizar a via de trânsito mais à direita está a infringir a lei e incorre numa multa que pode chegar aos 300 euros.

Diz o artigo 14.º, sobre a pluralidade das vias de trânsito, quer se trate de uma autoestrada ou não, que “sempre que, no mesmo sentido, sejam possíveis duas ou mais filas de trânsito, este deve fazer-se pela via de trânsito mais à direita”.

O mesmo artigo realça que pode utilizar outra via apenas “para ultrapassar ou mudar de direção” (aqui, a legislação prevê os casos do trânsito fora das autoestradas).

Ao proceder de acordo com a lei, reduz os riscos de acidente e evita ser ultrapassado pela direita – o que constitui uma manobra perigosa.

Circulando o mais à direita possível, liberta as faixas de rodagem mais à esquerda, o que facilita as ultrapassagens por parte de outros utilizadores da via.

Por outro lado, caso ocorra um acidente envolvendo a sua viatura, existe (em teoria) menos risco se ficar com o automóvel imobilizado nas faixas onde se circula a maior velocidade.

O novo sistema de carta por pontos também torna a infração mais ‘onerosa’. Perder quatro pontos.

Em caso de acidente, é muito mais complicado para os veículos que circulam à retaguarda fugir ao obstáculo se este se encontrar mais à esquerda.

Mas não é apenas a teoria (mais do que comprovada) que está em causa. É de lei que falamos.

Este mau costume que é possível testemunharmos todos os dias, nas estradas portugueses, causa outro problema: os condutores que cumprem a lei são, muitas vezes, obrigados a cruzar duas vias para ultrapassar um veículo que segue na via central. E esta questão representa um perigo acrescido.

Há nas autoestradas alguns sinais que o aconselham a circular na via mais à direita. Não ignore esse conselho, pela sua segurança, pela segurança de quem transporta e pela segurança de todos os utentes da via.

GNR vai estar atenta

O maior problema, nesta questão, é o facto de as autoridades serem permissivas com esta infração. Porém, essa realidade vai mudar. Primeiro, a sensibilização, com a ação ‘Via Livre’, que tem como finalidade informar os condutores para os perigos de circular nas faixas centrais e à esquerda, quando há vias livres à direita.

As autoridades estão na estrada, até ao dia 2 de abril, para reeducar os condutores.

Fonte: ptjornal.com/circula-na-esquerda-transito-livre-direita-saiba-nao-deve-154040

Partilhar:

Relacionados: