Diagnosticaram este homem com cancro no pulmão, mas quando o operaram algo estranho estava no pulmão

As vezes, as crianças não têm noção dos perigos que as rodeiam. Os pais estão sempre atentos, vendo se os filhos não se sufocam com brinquedos, mas nem sempre podemos ter os olhos neles.

Paul Baxter tinha 50 anos quando descobriu que um erro que cometeu na infância o acompanhou durante muitos anos… ele foi diagnosticado com cancro no pulmão exactamente por isso.

Paul Baxter é pai de um menino de 2 anos. Há algum tempo que o homem tinha uma tosse irritante e compulsiva, e ele finalmente decidiu ir ao médico. Mas, quando eles fizeram um raio-x aos pulmões, os profissionais de saúde viram algo horrível.

Os médicos descobriram o que parecia ser um tumor nos pulmões. Como Paul era fumador, eles ficaram muito preocupados. Sem hesitar, eles resolveram operar para tratar o cancro, e foi nessa altura que descobriram algo estranho. O tumor era na verdade um velho cone de brinquedo que Paul havia engolido quando tinha 7 anos!

“As crianças comem coisas e, obviamente, engoli um dos meus brinquedos, mas nem consigo lembrar-me para ser sincero,” disse o homem

“Disseram-me que devo ter inalado o cone e ele entrou na minha traqueia. Se eu tivesse engolido, teria entrado no meu estômago e saído nas fezes.” Paul removeu o brinquedo 40 anos após o ter engolido… e a cirurgia foi muito engraçada. “Eu estava sob anestesia local e, quando eles retiraram o cone, foi hilariante todos na sala riram. Saiu em perfeito estado, ainda pode ver as marcações.”

Como é que o cone de brinquedo ainda não tinha sido detectado passado todos estes anos? Os médicos têm uma teoria, como Paul ainda era jovem, “as vias aéreas do paciente foram capazes de se moldar e adaptar à presença deste corpo estranho.” Vê uma fotografia do brinquedo que estava no pulmão!

Inacreditável como o cone ficou tantos anos nos pulmões de Paul. Ainda bem que isso não teve consequências muito graves, e que o homem está bem.

Segue a nossa página de facebook:



Vais Gostar de Ver

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *