Ela tirou uma foto alguns dias depois do funeral… Quando olhou bem para a foto… Um calafrio percorreu-lhe a espinha!

Uma noite, enquanto estava sentada com a sua família na sala da sua casa em Melbourne, Austrália, Dayna Lynch, de 18 anos, decidiu tirar uma foto do seu pai e da sua madrasta. Mas quando ela olhou para a foto que tirou, um calafrio percorreu a sua espinha: ela podia ver um rosto flutuante a olhar para dentro da casa pela janela!

A madrasta de Dayna tinha acabado de voltar do funeral da avó dela na Turquia, e quando ela olhou para a foto, teve certeza de que o rosto era o da avó quando era mais nova. “Ela e a sua avó eram extremamente próximas e ela podia sentir a sua presença o dia inteiro. Ela sabia que a sua avó estava a cuidar dela”, explicou Dayna.

A imagem é apenas um reflexo ou uma ilusão de ótica? Dayna acha que não: “Além de mim ninguém acreditava em fantasmas. E, naquela noite, pode-se dizer que todos acreditaram no paranormal. Ninguém dormiu em condições.”

Partilhar:

Já viste o nosso Instagram: @muitofixe.pt

Relacionados:

Comentários: