Ele tirou uma foto proibida à mãe na praia… Mas houve uma coisa que lhe escapou…

Ele tirou uma foto proibida à mãe na praia… Mas houve uma coisa que lhe escapou…

20 Outubro, 2017 0 Por admin3

Muitas mulheres passam a vida a criticar os seus corpos e todos os pequenos defeitos que ele possui. Bridgette Tales não é diferente. Esta mulher sempre lutou com o seu excesso de peso, e sentia-se tudo menos bonita. No entanto, quando o seu filho captou uma fotografia da mãe na praia, a sua auto-estima mudou por completo!

“Quando, como de costume, estava a navegar nas fotos do meu telemóvel, fiquei espantada ao ver isto. Uma foto minha, na praia, deitada, com os olhos fechados e totalmente exausta. A minha primeira reação foi um choque. Quem captou essa imagem horrível de mim? Eu me desprezava a cada segundo e estava prestes a chorar. Quando ia excluir a imagem, o meu filho entrou no quarto.

‘Sabes que foto é esta?’, perguntei ao meu filho. Eu mostrei-lhe o telemóvel e ele deu-me um grande sorriso. ‘Sim, mãe, eu tirei essa foto quando estávamos na praia. Você estava lá, tão relaxada e bonita que eu não pude evitar isso!’ ‘Eu disse para pedir permissão antes de usar meu telemóvel e tirar fotos!’, relembrei. ‘Eu sei, mãe’, disse o meu filho. ‘Mas veja o quanto bonita você está!’

Olhei novamente para a foto e tentei ver o que o meu filho tinha feito. A minha filha também veio e olhou por cima do meu ombro. ‘Parece um cartão postal, mãe, eu adoro!’, ela disse com um sorriso sincero. ‘Você é tão linda!’ Eu tive que respirar fundo e perceber que isso era exatamente o que eu precisava de ouvir. A minha primeira reação é encontrar sempre falhas em mim mesma, mas quando eu olhei para a foto eu vi muitas outras coisas:

As minhas coxas são grandes. Mas também vejo uma mulher cansada que passou várias horas na praia com os seus filhos amados. Tenho braços grandes. Mas também vejo os braços de uma mãe, os braços que embalaram os meus filhos e os ajudaram a caminhar sobre as rochas afiadas para que não se aleijassem nos pés.

Vejo ainda uma mulher bastante redonda com um maiô preto vestido que cobre os meus piores defeitos. Também vejo uma mãe aventureira que ama os seus filhos. Como muitas mulheres, luto com o meu excesso de peso desde que me lembro. É simplesmente algo com o qual aprendi a viver. Provavelmente não fui feita para ser modelo…

No entanto, isso não me pára, eu adoro brincar com os meus filhos lá fora no verão. Muitas vezes eu uso um maiô em público e, às vezes, me sinto mais atraente. Talvez eu não esteja completamente bem, mas estou a ir na direção certa!

É porque eu fiquei mais velha e mais relaxada? Ou que os meus filhos sempre me olhem com os olhos cheios de amor? Uma coisa é certa: eu não odeio o meu corpo. Continuarei a trabalhar em mim e nos meus hábitos. Mas agora eu quero amar-me e fazer tudo o que posso para me olhar e ver o que os meus filhos estão a ver.

Estou muito grata aos meus filhos. Eu amo vocês!”

Partilhar:

Relacionados: