Esta mãe adoptou um menino que ninguém queria… Mas 28 anos depois… Ela descobriu uma terrível verdade…

A adoção é um acto muito nobre, que faz com que muitas crianças tenham uma nova oportunidade de serem felizes. Quando esta mulher trouxe para casa um menino que ninguém queria, ela deu-lhe uma oportunidade de sentir amor, carinho e afecto. Mas o que ela não sabia é que o menino salvaria sua vida anos depois!

Ingeborg McIntosh passou muito para adoptar Jordan. Ele era apenas um recém-nascido e precisava de uma família de acolhimento… Então, esta mulher levou-o para casa. “Eles colocaram-no nos meus braços e foi amor à primeira vista”, conta. Pouco tempo depois, Ingeborg decidiu adoptá-lo, mas a mãe biológica queria que fosse adoptado por uma família negra.

Quando a criança tinha 4 anos, ainda ninguém tinha mostrado interesse nele. Então, Ingeborg conseguiu finalmente adoptá-lo. Os McIntosh cuidaram de 125 crianças ao longo dos anos como família de acolhimento, mas nenhuma delas roubou os seus corações como Jordan.

Duas décadas depois, Ingeborg recebeu notícias dolorosas: ela tinha doença renal policística, e precisava de um transplante de rim. Nessa altura, Jordan decidiu retribuir tudo o que a mãe tinha feito por ele. Ele marcou uma consulta para ver se tinha um rim compatível… e o exame deu positivo!

“Eu sinto que essa era a minha vocação na vida”, diz Jordan. “Espero que possa fazer mais por ela quando for mais velho. Mas, por enquanto, é o mínimo que eu posso fazer”, continua o jovem. Ingeborg não queria que o seu filho passasse por aquela cirurgia arriscada, mas ele estava decidido a fazê-lo.

Quando Jordan fala sobre a sua mãe, os seus olhos brilham. O amor e devoção dessa mulher fizeram dele o homem maravilhoso que é hoje, e o jovem sabe que nunca poderá agradecer o suficiente! “Tudo o que ela fez por mim desde criança, eu só queria retribuir e mostrar a ela o quanto eu a amo.”

Felizmente o transplante correu bem, e a relação deles não poderia estar mais forte! Apesar de todos os obstáculos e momentos difíceis, essa história tem um final feliz… tudo por causa do forte vínculo entre uma mãe e o seu filho.

O destino desses dois era sem dúvida um ao lado do outro. A mulher deu ao menino amor, carinho e educação. E ele salvou-lhe a vida como agradecimento. Que o futuro sorria para esta maravilhosa família.

Partilhe esta história se também acha que foi o destino que os uniu!

Fonte: dailymail.co.uk


Segue a nossa página de facebook:



Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *