Marisco encontrado cheio de fezes de porco e antibióticos! Vê como saber se o que compraste é seguro!

É preciso ter muito cuidado com algum camarão, devido à forma como alguns são apanhados e criados…

Os camarões são um alimento que contém bastantes benefícios para a saúde. Os níveis de gordura neles presentes são baixíssimos e pelo contrário possuem uma incrível quantidade de proteína (cerca de 75 gramas de proteína por cada 1 grama de gordura).

Também são ricos em vitamina D, B12 e Omega 3 que nos fornecem inúmeros benefícios para a saúde. O mesmo não pode ser dito para umas certas quantidades de camarão que é vendida nos Estados Unidos. Basicamente devido à forma como são apanhados e criados também.

Agropecuária asiática

O Vietname é um dos maiores importadores de camarão para os Estados Unidos, pelo qual envia cerca de 100 milhões de libras de camarão por ano, ou seja, quase 8% de todo o camarão consumido pelos americanos. Complementando, a compra de camarão por parte dos Estados Unidos aumentou imenso nas últimas décadas. Isto conduziu a uma competição cada vez maior no mercado do camarão o que levou ao facto de muitas empresa fornecedoras de camarão começassem a negligenciar as questões de saúde e de segurança para conseguirem competir a tempo e horas com os seus concorrentes.

Uma investigação descobriu que alguns camarões vindos para os Estados Unidos de empresas vietnamitas são congelados em águas que nem sequer são consideradas próprias para consumo. De acordo com o microbiologista Mansour Samadpour, especialista em ensaios de água utilizada no cultivo de crustáceos, o uso desta água contribui para a propagação de bactérias e doenças nocivas.

“Essas condições – gelo feito de água suja, animais perto das fazendas, porcos – são inaceitáveis”, diz Samadpour.

Pior do que isso, o camarão não é o único alimento que na Ásia não se encontra no seu melhor estado em termos de saúde. Uma quinta de tilápia (tipo de peixe) em Yangjiang, China, alimenta os peixes com fezes de porco e ganso. De acordo com Michael Doyle, diretor do Centro de Segurança Alimentar da Universidade da Georgia, isso resulta diretamente no crescimento de muitas doenças bacterianas bem conhecidas.

“O estrume que os chineses usam para alimentar peixes é frequentemente contaminado com micróbios como a salmonela”, diz Doyle.

Como evitar comida do mar prejudicial à nossa saúde:

Não é segredo nenhum o facto de que o marisco em cativeiro é pior para a sua saúde quando comparado com o marisco que é pescado no próprio mar. Todo sabemos que os peixes e moluscos de viveiro estão cheios de antibióticos nocivos. No entanto, um novo estudo divulgado pela “Consumer Report” descobriu que o camarão cultivado contém níveis mais elevados de bactérias nocivas, juntamente com antibióticos, o que nos dá uma nova razão para evitar o cultivo de frutos do mar.

As duas principais razões que nos provam que o cultivo de frutos do mar é nocivo à nossa saúde é porque eles contêm altos níveis de antibióticos e bactérias. Claro, quando temos em conta as condições em que estes animais são criados, não é surpreendente.

Além de ser alimentado com fezes de animais carregados de bactérias, eles também são colocados em espaços apertados toda a sua vida, contribuindo grandemente para a propagação da doença em todos os peixes naquela localização.

De acordo com o estudo, 60% das 342 amostras daquele camarão congelado continham salmonela, vibrião, listeria ou Escherichia coli. Junto com os testes positivos para estas doenças havia também vestígios de Oxitetraciclina, enrofloxacina e Sulfonamida.

94% de todos os camarões importados para os EUA provêm de países asiáticos como Tailândia, Vietname, Indonésia e Índia. As condições de criação de camarão são bastante poluídas nestes países e, geralmente leva à propagação de doenças e ao uso excessivo de antibióticos para tentar combater esta doença.

De acordo com o estudo realizado por “Consumer Report”, o camarão selvagem cru dos Estados Unidos e da Argentina teve os níveis mais baixos das bactérias de todas as amostras que testaram.

Portanto, se quiser tentar evitar bactérias nocivas e antibióticos que possam estar contidos neste tipo de alimentos, compre sempre peixe e marisco do mar. Mesmo que possa ser mais caro, ele vai conter muito menos bactérias, resíduos de antibióticos e terá um melhor impacto sobre o ambiente em geral.

Partilha com os teus amigos e familiares!



Segue a nossa página de facebook:



Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *