Como um ex sem-abrigo viciado em heroína se transformou num milionário! Que história de vida impressionante!

Como um ex sem-abrigo viciado em heroína se transformou num milionário! Que história de vida impressionante!

17 Novembro, 2016 0 Por admin11

Infelizmente estamos acostumados a associar histórias que envolvem o vício de drogas a histórias de fracasso. Isso não acontece por acaso, visto que dificilmente pessoas nessas condições conseguem de fato dar a volta por cima.

Como todos sabem, a dependência química age não apenas no seu físico, afetando também a moral, o psicológico e todos os demais aspectos de sua vida.

Hoje por outro lado, nós vamos contar uma história de superação.

pessoa1

Se perguntarmos a Khalil Rafati, um milionário que é ex usuário e dependente químico, qual foi o segredo do seu sucesso, ele sem dúvida poderia responder, que a chave para chegar onde chegou, foi exatamente a ação de ajudar ao próximo, para consequentemente conseguir ajudar a si mesmo.

Mas vamos voltar lá para o inicio dessa história, pra entendermos exatamente como foi que um ex usuário de heroína e morador de rua conseguiu virar um empresário milionário de sucesso.

A história de Khalil Rafati basicamente começa há mais ou menos 13 anos atrás, quando esse cidadão americano, decidiu se mudar para Los Angeles com o objetivo de conseguir um emprego como vendedor de carros, como deves imaginar, nem tudo o que sonhamos e planejamos necessariamente dá certo, e com este milionário as coisas não foram diferentes.

Em pouco tempo em Los Angeles, Khalil passou a traficar drogas e o pior de tudo, ele se tornou um viciado em heroína. A consequência do seu vício fez com que ele passasse a viver pelas ruas e pesasse apenas 48 kg.

pessoa2

As coisas estavam tão difíceis e sem expectativas de mudança que Khalil admite que nesta época ele: “Finalmente havia chegado ao fundo do poço. Não dava para me afundar mais, todas as minhas pás estavam quebradas. Era o meu fim”.

No ano de 2011 ele chegou a tentar ter uma overdose durante uma festa, sendo dois anos mais tarde preso devido ao tráfico, e quando finalmente saiu da cadeia, teve que voltar a morar pelas ruas.

A sua história de superação aconteceu quando finalmente Khalil percebeu que era preciso virar o jogo, e tomou a sábia decisão de abandonar as drogas e entrar numa casa de transição para viciados em drogas e álcool, chamada “Riviera Recovery”, localizada em Malibu, nos Estados Unidos.

pessoa4

Após algum tempo em recuperação, um amigo apresentou a Khalil algumas receitas de vitaminas e sumos super nutritivos para lhe iam ajudar na recuperação física. Khalil apaixonou-se por essas receitas, e após estar recuperado passou a fazer ele mesmo as vitaminas, e a levar até os pacientes e funcionários dessa clínica de reabilitação.

O resultado dessa boa ação foi realmente surpreendente, visto que a notícia de que um homem produzia esse tipo de produto logo se espalhou, e consequentemente pessoas de toda a região o procuravam com o intuito de provar os seus sumos e vitaminas.

pessoa5

Ao notar que as pessoas não só o procuravam, mas também o recomendavam para as demais, Khalil tomou a sabia decisão de usar os 50 mil dólares que havia ganhado num jogo para abrir juntamente com a sua namorada um bar chamado “SunLife Organics”.

Lá ele vendia bebidas super nutritivas e saudáveis, que eram um verdadeiro sucesso. Em pouco tempo Khalil já havia aberto seis filiais diferentes e seis bairros distintos.

A partir daí o sucesso foi eminente e o homem que dormia na rua se viu em pouco tempo, um milionário.

pessoa6

Após toda essa história de vida Khalil lançou um livro biográfico, com o objetivo de inspirar outras pessoas que se encontram na sua antiga situação.

O nome da obra é “I Forgot to Die” que em tradução livre significa: “Esqueci-me de morrer”.

Outra curiosidade interessante sobre a vida de Khalil, é que ele passou a contratar ex presidiários e ex viciados em drogas para trabalhar nas suas lojas, assim ele ajuda mais uma vez aqueles que precisam, e também beneficia com toda a gratidão e reconhecimento dessas pessoas.

Partilhar:

Relacionados: