Os valores que Durão Barroso ganha após deixar a Comissão Europeia! É vergonhoso!

Os valores que Durão Barroso ganha após deixar a Comissão Europeia! É vergonhoso!

12 Maio, 2016 2 Por admin3

Uma informação avançada pelo conhecido jornal ‘Daily Mail’ está a gerar grande contestação e revolta, pois o ex-presidente da Comissão Europeia Durão Barroso tem uma pensão vitalícia de 132 mil euros por ano, o que dá cerca de 11 mil euros por mês até morrer.

Durão Barroso, de 60 anos de idade, esteve durante 10 anos na presidência da Comissão Europeia e nunca será possível dizer que Barroso saiu mal da presidência, pelo menos a avaliar pelas gordas somas de dinheiro que recebeu e ainda recebe de todos os contribuintes.

Os números são impressionantes, numa Europa quase na miséria mas onde alguns continuam a encher os bolsos.
Durão Barroso esta a receber o que se dá o nome de subsídio de “transição” e “reintegração” que não poderá ultrapassar os 3 anos.

De acordo com as regras, esta compensação está entre os 40% e 65% do vencimento do presidente da Comissão Europeia. Para Barroso nos seus bolsos vão entrar qualquer coisa como 306 mil euros pela reintegração. Este valor pode ser entre os 122 e os 200 mil euros por cada ano de transição. A ele calhou na rifa 367 mil euros, ao fim dos 3 anos. O valor pode diminuir ou mesmo ser eliminado mediante às funções ou cargos que possa vir a desempenhar.

durao_barroso

Mas a festa de dinheiro não termina aqui, pois além da pensão de 11 mil euros mês dos 367 mil euros, ao fim de 3 anos, Barroso ainda tem direito a mais 25 mil euros, uma espécie de salario extra, mais as despesas de deslocação.

Barroso já disse que “o futuro a Deus pertence. Provavelmente vou continuar a intervir na vida pública e seguir as questões europeias e internacionais” e deixou ainda uma garantia “De fora e seguramente está a hipótese de um regresso à vida política ativa”.

Provavelmente vai gastar algum em grandes hotéis, fartos banquetes, relógios caríssimos ou melhor ainda para ele fazer pouco com todos aqueles que não conseguem colocar na mesa um prato de sopa para comer e dar de comer aos filhos.

Fonte: cmjornal.xl.pt

Partilhar:

Relacionados: