Fique a saber quais são as melhores horas para tudo: trabalhar, comer, dormir e namorar

Fique a saber quais são as melhores horas para tudo: trabalhar, comer, dormir e namorar

27 Setembro, 2015 0 Por admin

AAeMWEP.imgSe cada idade requer um tipo de alimentação, também cada idade requer os seus próprios horários… para tudo. Seja para acordar, comer, trabalhar, dormir e muito mais.

O famoso médico docente da Universidade de Oxford, Paul Kelley, diz que o nosso corpo precisa de respeitar os seus próprios horários e, por isso, revela agora qual o relógio interno mais indicado para cada idade – mas, claro, cada caso é um caso e os períodos apresentados pelo especialista devem servir apenas como uma base.

 

Aos 20 anos

Diz o Daily Mail, a melhor hora para acordar é às 9h30, altura em as hormonas estão mais equilibradas. Para beber café, convém esperar cerca de meia hora, já que uma boa parte dos jovens adultos não toma o café da manhã, diz o médico.

Para quem trabalha, a hora mais indicada para começar é perto das 12h, momento em que o cérebro começa a ser criativo. E se possível, o “amor” deve ser praticado pelas 15h, mas não obrigatoriamente, uma vez que aos 20 anos o desejo surge a qualquer momento.

Pelas 15h30 devem almoçar e depois das 17h praticar desporto ou algum exercício físico, já que é nesta altura da tarde que o corpo está 18% mais eficiente. Até às 20h pode-se terminar o trabalho e pelas 20h30 deve-se ver televisão. O jantar deve acontecer pelas 21h30 e cerca de meia hora depois é altura de estudar, ou então colocar a criatividade em prática.

Pelas 23h é permitido beber uma bebida alcoólica, mas com a condição de que a partir das 24h todos os gadgets sejam desligados. À hora de ir para a cama é à 1h.

Aos 30 anos

Com esta idade, a hora de sair da cama deve rondar as 8h10 e passados dez minutos é o momento mais indicado para o “amor”, diz a publicação, justificando que é pela manhã que a testosterona é mais elevada.

Passados 20 minutos, é hora de tomar o café da manhã. Às 10h40 de começar a trabalhar e a pausa para o almoço acontece pelas 14h20. E como ‘a idade já não perdoa’, se possível é recomendado tirar uma sesta pelas 15h40. Três horas depois, acaba o dia de trabalho.

Perto das 19h é altura de fazer algum exercício físico, mas não muito longo. Diz o especialista que pelas 19h45 socializa-se e pouco depois janta-se.

A televisão apenas é companhia pelas 22h, momento em que se pode usar os gadgets. A hora de recolher é as 23h40.

Aos 40 anos

7h50 é hora de acordar e às 8h20 toma-se o café da manhã. E como o exercício é importante a partir dos 40, pelas 8h45 é recomendado dar uma caminhada.

Às 10h20 começa o dia de trabalho e 25 minutos depois surge o primeiro café. A pausa para comer acontece pelas 13h50. Se possível, a partir das 15h30 acaba-se o trabalho em casa, que não deve exceder as 18h20.

O jantar acontece também mais cedo, pelas 19h50. Já a hora de “amor” é mais tardia, pelas 22h20. Pelas 23h30, é momento de se recolher.

Aos 50 anos

Para Paul Kelley, médico docente da Universidade de Oxford, a partir dos 50 anos a hora de sair da cama não deve ultrapassar as 7h, uma vez que o café da manhã deve acontecer meia hora depois. Pelas 8h é o momento indicado para alguma atividade, como a jardinagens e só pelas 9h30 é que se começa a trabalhar.

O almoço dá-se às 13h e uma hora depois tira-se a sesta. As pessoas com 50 anos devem parar de trabalhar elas 17h30 e aproveitar os momentos que se seguem para beber uma bebida e socializar. O jantar acontece-se às 19h e os gadgets e a televisão são proibidos depois das 21h30.

O “amor” acontece pelas 22h, meia hora antes de dormir.

Aos 60 anos

Tal como o especialista diz, com o avançar dos anos, o relógio interno começa a ser mais madrugador e, por isso, aos 60 anos é comum as pessoas acordarem pelas 6h30, altura em que os primeiros raios de sol nascem. A primeira refeição do dia é ingerida passada meia hora e o exercício pelas 8h.

O café apenas deve ser ingerido depois das 10h para evitar a dependência. O almoço também é comido mais cedo, pelas 12h, e pouco depois, cerca de hora e meia, devem realizar-se algumas atividades. A sesta é feita pelas 14h e até às 17h termina-se as atividades que se iniciaram depois do almoço.

O jantar é servido pelas 18h30 e uma hora depois é tempo de socializar. E como a idade não é barreira para o “amor”, o “amor” fica agendado para as 20h, hora em que o organismo ainda está ativo. A hora de ir dormir não deve exceder as 22h e uma hora antes não é recomendado ver televisão.

Aos 70 anos

Assim que se atinge os 70 anos, nada melhor do que manter a energia e preservar a saúde. Segundo o professor de Oxford, o despertador toca às 6h, o café da manhã é servido às 6h30 e o mais tardar às 7h30 deve ser feita a primeira ronda de exercício físico. Uma hora depois começa uma das atividades preferidas – seja bordado, jardinagem, brincar com os netos, etc. – e às 10h come-se o primeiro lanche.

Antes do almoço – que acontece as 12h – convém treinar a memória e fazer algumas palavras cruzadas ou ler um livro. A sesta acontece pelas 14h30 e até às 16h termina-se a atividade iniciada de manhã.

Depois das 17h convém dar uma pequena caminhada para começar a jantar pelas 18h. Uma hora depois é tempo de assistir a algum programa na televisão, às 20h é hora do “amor” e às 21h30 de dormir.

Fonte e imagem: Notícias ao Minuto

Partilhar:

Relacionados: